Dono de Posto de Lavagem é assassinado com 10 tiros de pistola em Mossoró

por - 12/07/2019 08:11

O crime com características de execução, aconteceu por volta 09h40min desta quinta-feira 11 de julho de 2019 dentro de um posto de lavagem localizado na Rua Dom Hélder Câmara próximo a Escola Justiniano de Melo no Bairro Belo Horizonte em Mossoró, região Oeste Potiguar.

A vitima, o dono do Lava-Jato, identificada como Saulo Emanuel Andersonda Silva que completaria 22 anos nesta sexta feira (12), foi alvejado com cerca de 10 tiros de pistola calibre 380 e morreu no local de trabalho.

De acordo com o perito Marcos Dayan, vários tiros atingiram a cabeça, o que caracteriza uma execução. Informações repassadas pela Polícia Militar que atendeu a ocorrência e isolou o local do crime, quatro homens em duas motos chegaram e já foram efetuando disparos e fugiram após o crime.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. A polícia recebeu informações de familiares de que a vítima não tinha envolvimento com ilícitos e nem inimigos. De acordo com a polícia não foram encontrados registros de antecedentes criminais contra o jovem assassinado.

A equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, comandada pelo delegado Rafael Arraes, esteve no local colhendo informações para durante as investigações tentar chegar aos autores do crime. Câmeras de monitoramento do posto de lavaram podem ajudar a DHPP a elucidar o crime.

Após a perícia realizada no local, pela equipe do ITEP, o corpo do jovem foi recolhido e encaminhado a sede do órgão pericial,para ser examinado e depois liberado para velório e enterro. Com mais um homicídio registrado em Mossoró, a cidade passa a contabilizar 96 assassinatos no ano de 2019.

NOTÍCIAS RELACIONADAS