Guarda Municipal apreende menores portando facão em trilha do Parque da Cidade

por - 26/07/2018 13:38

O serviço de patrulhamento ostensivo realizado cotidianamente pelos agentes do Grupamento de
Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) vem evitando ações de vândalos e a
prática de roubos e furtos tendo como vítimas as pessoas que frequentam o Parque da Cidade Dom
Nivaldo Monte. Nesse sentido, a ronda preventiva deteve nesse terça-feira (25) dois menores que
circulavam nas trilhas do Parque, portando um facão, possivelmente para cometer assaltos
Os suspeitos foram visualizados pelos guardas municipais em uma das trilhas do Parque da Cidade.

No momento, foi acionada uma viatura e os dois menores foram perseguidos e abordados pelos
guardas. Na revista pessoal foi encontrado um facão na posse dos suspeitos. Os menores foram
identificados e em separado os guardas municipais realizaram alguns questionamentos que
apontaram no depoimento dos menores várias informações desencontradas. “Um relatou que
vinham do bairro de Ponta Negra onde estavam realizando serviço de capinação, já o outro contou
que eles estavam fazendo malabarismo no semáforo, o que demonstrou que estavam mentido para a
guarnição”, contou um dos agentes.

A coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, informou acreditar que os menores estavam
aguardando uma oportunidade para realizar assaltos contra os frequentadores do Parque. “O
Grupamento Ambiental realiza regularmente abordagens a suspeitos na área do Parque da Cidade.
Muitos desses abordados são interceptados antes de cometer delitos graças a esse serviço preventivo
feito pelos guardas municipais”, declarou.

Entre as responsabilidades dos guardas municipais lotados no Grupamento de Ação Ambiental da
GMN está a segurança preventiva dos frequentadores do Parque da Cidade, para isso é disposto um
efetivo operacional no local durante todos os dias da semana onde são efetuadas rondas
regularmente nas trilhas naturais e pavimentadas da unidade de preservação ambiental. “Estamos
aqui para proteger a Zona de Proteção Ambiental e, principalmente, zelar pela segurança do cidadão
que visita o Parque da Cidade”, concluiu coordenadora do Gaam/GMN.