Polícia Civil pede ajuda da população para localizar suspeito que matou policial militar

por - 14/09/2018 08:15

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) pede ajuda da população para que envie informações anônimas, com garantia de sigilo, sobre a localização de dois suspeitos envolvidos no latrocínio do policial militar Melqui Djaci Rodrigues, morto no dia 08 de junho de 2018, na Avenida Caboclinhos, bairro Lagoa Azul, Zona Norte de Natal.

Investigações da DHPP apontam que o policial militar foi atingido por um disparo de arma de fogo efetuado por Matheus Yang Fernandes Ovídio, 19 anos, quando a vítima estava próxima a uma loja de material de construção. “ Imagens das câmeras de segurança mostram a ação de Matheus Yang no dia do crime. Ele fica dentro da loja e minutos depois recebe uma ligação avisando o momento certo para atingir o policial militar. Um outro homem, o qual também estamos procurando, foi até a loja na véspera do crime para fazer verificações da área e no dia do crime, ficou no lado externo da loja dando informações”, detalhou o delegado Franklin Albuquerque, que preside a comissão da DHPP responsável por investigar crimes de homicídios contra agentes da segurança pública. Um terceiro envolvido no crime, Juscelino Freitas Adriano, que foi o motorista que deu apoio aos investigados, veio a óbito no mesmo dia da ação criminosa.

Uma das linhas de investigação da DHPP trabalha com a hipótese de que o policial militar foi vítima de latrocínio, pois teve a arma roubada, uma pistola calibre 40, logo após ser morto. Além disso, a execução do crime pode ter partido de algum integrante de facção criminosa. Quem tiver informações sobre Matheus Yang Fernandes Ovídio e a identificação do segundo comparsa, que aparece nas filmagens usando uma camisa de time de um futebol como número 9, pode ligar para o Disque-Denúncia 181.

Confira imagens dos suspeitos: https://youtu.be/6YukNvMC0Pg

COMENTÁRIOS

NOTÍCIAS RELACIONADAS