Vinte e cinco aves silvestres são resgatadas pela Guarda Municipal em operação na Zona Norte

por - 15/05/2019 09:04

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) resgataram nessa segunda-feira (13), 25 pássaros silvestres que eram mantidos em confinamento numa residência situada na Rua Coronel Borges, bairro Potengi, na zona Norte da capital. O resgate foi motivado por uma denúncia de popular ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), que acionou a GMN.

Na operação, os guardas municipais catalogaram 7 espécies resgatadas, a exemplo de Papa Capim, Canário da Terra, Galo de Campina e Periquito. Os pássaros estavam presos em  gaiolas e viajantes, que foram apreendidos na operação e serão destruídas no sentido de evitar nova utilização.

De acordo com a coordenadora do Gaam/GMN, Francineide Maria, o responsável por manter os pássaros em cativeiro foi identificado e não demonstrou nenhuma resistência a solicitação dos guardas municipais. “No depoimento do responsável ele afirmou que não comercializava as aves e as possuía apenas para criação”, contou.

Todas as aves resgatadas foram conduzidas setor de aves resgatadas do Ibama para passar por uma avaliação clínica e em seguida serem devolvidas a natureza. O tráfico e o comércio ilegal de espécies da fauna silvestre é crime podendo o transgressor ser punido com pena de seis meses a um ano de detenção, além de multa administrativa por crime ambiental de tráfico, que corresponde a R$ 500 por ave e se o animal for ameaçado de extinção, o valor sobe para R$ 5 mil.

Para denúncias de crimes ambientais o cidadão pode ligar para o número 190 do Ciosp, que as viaturas de patrulhamento ostensivo da Guarda Municipal do Natal serão acionadas para averiguar o fato.

COMENTÁRIOS