Internos da Penitenciária Mário Negócio em Mossoró participam de cursos de qualificação

por - 05/11/2019 07:45

Quarenta internos da Penitenciária Mário Negocio, em Mossoró, deram início esta semana aos cursos de qualificação de padeiro e pedreiro promovidos em parceria entre a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). São duas turmas, uma com 20 mulheres que atual no curso de panificação e outra com 20 homens, inscritos no curso de pedreiro com 160 horas aula. 

O diretor da unidade penal, Márcio Morais, explicou que as aulas são práticas, nos horários matutino e vespertino,  e que uma estrutura de segurança e de equipamentos de panificação e  de construção civil foram montadas exclusivamente para esta iniciativa. “O curso de padeiro para as internas acontece de manhã e o de pedreiro com os internos à tarde”.

Os internos selecionados para participar do curso dispõe de excelente comportamento carcerário, sendo um dos critérios para seleção. “A Seap vem avançando com o trabalho de qualificação do interno preparando para o retorno dele à sociedade e ao mercado de trabalho”, disse Márcio Morais.

O dirigente da unidade prisional lembrou que ao final do curso, os internos que atingirem a meta estabelecida pelos instrutores irão receber um certificado do Senai.  “Isso vai permitir que o interno seja reconhecido como um profissional”. Além da qualificação onde os internos inscritos nos cursos vão está capacitados para o campo de trabalho quando deixarem a prisão, eles também ao longo dos quatro meses de curso, vão ter 30 dias de remissão da pena, ou seja são trinta dias a menos da pena estabelecida a eles pela justiça. 

O contrato entre Seap e o Senai, no valor de R$ 245 mil,  contemplará 12 turmas em turmas de eletricista instalador predial, pedreiro de alvenaria, pintor de obras, padeiro, mecânico de automóveis, pintor de automóveis, eletricista de automóveis, instalador hidráulico e lanterneiro de automóveis,