Mulher é presa ao tentar entrar com drogas na vagina em presídio

por - 07/08/2014 22:02

Por Dayana Almeida/PortalNCO

 

Uma mulher de 21 anos foi presa na manhã desta quinta-feira (7) ao tentar com maconha dentro do pavilhão Rogério Coutinho Madruga, em Alcaçuz, durante o horário de visita aos presos. Para esconder a droga, a mulher utilizou uma “palma” de bananas, mas foi descoberta durante a revista. Em seguida, ao ser levada ao Itep, descobriram que a mulher também levava aproximadamente 100g de maconha na vagina.

Nos dias de visitas, é comum que parentes dos detentos levem comida para os apenados. Contudo, todo o material que entra passa por revista e, no momento em que as bananas foram analisadas, foi descoberta a presença da droga e também de acessórios para telefone celular, incluindo um chip.
Para esconder os 14 tabletes de maconha e os acessórios, a mulher descascou as bananas sem tirá-las do talo do cacho, cortou a fruta e deixou as extremidades na casca, substituindo o centro pela droga e pelos acessórios. Em seguida, ela colou as cascas novamente e foi ao presídio.

“Toda a comida que entra passa pela revista. Quando olharam as bananas e abriram parte de uma, notaram a tentativa de burlar a segurança e todas as bananas foram abertas. A mulher foi presa em flagrante”, explicou o diretor do Pavilhão Rogério Coutinho Madruga, Osvaldo Rossato Júnior.
A droga foi encaminhada ao Itep para perícia e a mulher para realizar o exame de corpo de delito. Porém, no Itep, a polícia descobriu que a mulher também transportava 100g de maconha na vagina. Ela foi detida e ficará à disposição da Justiça