Homem é morto após reagir abordagem policial em Upanema

Por Alcivan Villar

 

Hamilton Barreto Maia Júnior,mais conhecido como Junior Bila, de 29 anos de idade,residente em Mossoró,morreu ao reagir a uma abordagem policial na cidade de Upanema na região Oeste Potiguar.

Segundo informações da Polícia Local, Júnior Bila,estava naquela cidade, praticando ações criminosas,inclusive na noite de domingo teria efetuado vários disparos de arma de fogo em via Pública, mas não foi localizado pela PM.

Ainda de acordo com a Polícia,o elemento teria ido na casa de um sargento,para matá-lo,mas o policial não acordou no momento da ação.

Por volta das 09h30min da manhã desta segunda feira 17 de novembro,uma guarnição da PM com apoio da Polícia Civil, foi até a casa onde Junior Bila estava escondido,para abordá-lo.

Quando os policiais chegaram e entraram na casa, Junior Bilar, reagiu a abordagem,partindo para cima de um policial com intuito de tomar o fuzil do PM.

Um outro policial atirou contra o indivíduo que foi alvejada e socorrido pela própria policia, para a unidade de saúde do município, mas ele não resistiu e morreu ao dar entrada naquela unidade Hospitalar.

A Polícia informou ainda que Junior Bila estaria formando um grupo para matar policiais na cidade de Upanema.

Hamilton Barreto, já foi preso por assaltos em Areia Branca e Mossoró,mas já estava em liberdade. Na casa onde ele estava a polícia encontrou uma motocicleta que foi levada para a delegacia da cidade.

O corpo do ex-presidiário foi removido da Unidade de Saúde para o Itep em Mossoró,para procedimentos de necropsia.

A Pedido do Delegado Regional, Clayton Pinho,peritos do Itep fizeram uma perícia na casa onde ocorreu a abordagem da policia.