Corretor condenado a 9 anos de prisão por atentado ao pudor contra funcionária de 16 anos é preso pela DCA

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (DCA) cumpriram, nesta quinta-feira (27), um mandado de prisão definitiva contra o corretor de imóveis Eliaquim Garcia Ferino, de 49 anos.

O homem foi preso pelo crime de atentado violento ao pudor, hoje em dia revogado, praticado contra uma funcionária de 16 anos de idade que trabalhava na sua imobiliária, no ano de 2008. Eliaquim foi condenado a uma pena de 9 anos de prisão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.

A Polícia Civil pede ajuda à população enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.