CBMRN encerra campanha de vacinação contra a gripe no Comando Geral

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio Grande do Norte (CBMRN) realizou, na última quinta e sexta-feira (23 e 24), no pátio interno do Quartel do Comando Geral, a campanha de vacinação contra a gripe (influenza) para todo o efetivo operacional e administrativo da Região Metropolitana. Nos dois dias de mobilização mais de 400 militares tomaram a vacina.

Os bombeiros são considerados profissionais da classe de risco, com isso, receberam a dosagem concedida pelo Ministério da Saúde. “O objetivo da campanha foi imunizar os nossos militares que estão nas ruas todos os dias em ocorrências de diversas naturezas. Atendemos vários pacientes através das equipes de resgate, por isso, foi importante a imunização contra a gripe”, disse o Comandante do Serviço Operacional de Saúde do CBMRN, major Jorge Ferreira.

No Quartel do Comando Geral a campanha foi encerrada. Porém, a segunda fase ainda segue até o dia 08 de maio. Nesta segunda etapa a prioridade é imunizar profissionais das forças de segurança e salvamento, caminhoneiros e profissionais de transporte coletivo e portuários, indígenas, doentes crônicos, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

A vacina é constituída por vírus inativados, fracionados e purificados, por isso, não contêm vírus vivos e não causam a doença. No entanto, a imunização não age contra o novo coronavírus (Covid-19), mas é extremamente importante porque protege contra os três tipos de gripe mais comuns: Influenza A (H1N1 e H3N2) e Influenza B. Além disso, com a população vacinada, é uma maneira de facilitar o diagnóstico de suspeita da Covid-19.

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) tem orientado os municípios a montar estratégias para evitar aglomerações, como o aumento da quantidade de locais disponíveis à população, além de medidas para prevenção dentro das unidades de saúde e outros postos de vacinação.