Homem que assumiu ter decapitado travesti é preso preventivamente

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deram cumprimento, nesta quinta-feira (20), a um mandado de prisão temporária em desfavor de Bruno Alysson Souza de Lima, 26 anos. Ele é suspeito de praticar o homicídio de um adolescente de 15 anos, por volta das 03h do último dia 14 deste mês, na rua Florianópolis, bairro Potengi, na zona norte de Natal. Segundo confessou o suspeito, o crime foi praticado por instrumento perfurocortante e motivado por vingança, por ele ter sido supostamente roubado pela vítima.

A vítima, que era travesti e, segundo informações colhidas na investigação, fazia ponto de prostituição naquela região, foi encontrada decapitada e com o dedo mínimo da mão esquerda arrancado.

A prisão do suspeito do crime se deu após vastas diligências efetuadas pela DHPP e após esta unidade especializada representar pela medida restritiva junto ao Poder Judiciário.

Bruno Alysson foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.