Delegacia de Defraudações e Falsificações prende arquiteto acusado de estelionato em Mossoró

Alcivan Vilar

Policiais civis da Delegacia de Defraudações e Falsificações de Mossoró RN, sob a coordenação do delegado José Vieira de Castro cumpriram nesta terça feira 15 de janeiro de 2018, um mandado de prisão preventiva expedido pela justiça em desfavor do arquiteto  Clélio José de Sena Filho, de 35 anos, acusado da prática de crime de estelionato.

De acordo com o delegado José vieira, Clélio Filho, que já tem condenação por falsidade ideológica, foi preso na casa do pai dele no Nova Betânia em Mossoró. O mesmo vinha sendo procurado pela polícia.

Segundo a autoridade policial, existem nove boletins de ocorrências registrados em sua delegacia, por vítimas da construção civil e lojas de veículos contra o arquiteto. De acordo com as denuncias, ele comprava casas por um preço, as vendia pela metade do preço e não repassava o dinheiro aos construtores. Lojas de carros em Mossoró, também foram vítimas

Após a prisão, o acusado foi levado à sede da DEFD onde foi ouvido pelo delegado José Vieira, e depois de passar pelo ITEP onde foi submetido a exame de corpo de delito, foi encaminhado à Cadeia Pública onde aguardará decisão da justiça.

O delegado Vieira informou ainda que existe outras pessoas envolvidas no crime, inclusive um outro homem que não teve o nome revelado, também está com mandado de prisão e está sendo procurado.